quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Os "adeus" que doem...

No domingo passado, deixou-nos a nossa querida amiga e ex-professora Neilma Egreja.
Ensinou Ballet, aqui no Colégio, por mais de 25 anos. E que Ballet! E que Professora!
A sua filha e os seus netos foram nossos alunos. Havia portanto uma forte ligação entre nós. Não era só a professora. Era a mãe, a  avó, a amiga...
Não havia festa ou apresentação em que a colaboração da Neilma não fosse pedida. E lá vinham as meninas, nos seus trajes vaporosos, apresentar-nos os seus esquemas e mostrar-nos as suas habilidades, com mais ou menos jeito. Mas mesmo as alunas menos dotadas para a dança clássica, com esta professora, adquiriam jeito e talento.
Durante vários anos a Neilma foi acompanhada ao piano pela sr. D. Alice, a quem as alunas chamavam a "miss turbante" porque fosse verão ou inverno sempre aparecia com uns turbantes condizentes com o vestuário. Era um enigma, nunca desvendado, o que tinha debaixo do turbante que não tirava nunca, nem nas audições.
Em contrapartida a Neilma, com o seu cabelo louro e os seus olhos azuis, aparecia sempre lindamente penteada e vestida.
Uma senhora e uma artista!...
Deixa saudades mas, junto do Pai, onde está, lembrar-se-á de nós e pedirá a felicidade para quantos a conheceram e estimaram.
Nós ficamos rezando e recordando lindos momentos e maravilhosas festas.
Ir. Maria Teresa de Carvalho Ribeiro, O.P.

4 comentários:

  1. Nunca fui aluna da professora Neilma, mas fiquei muita vez no ginásio velho a assistir às aulas de ballet. Às sextas a primeira volta da carrinha do Zé Luís passava para a segunda volta, e eu ocupava o meu tempo a assistir ao ballet tão bem dado pela professora Neilma. Ficava sempre muito feliz por me ter lá :) e nunca me disse que não podia assistir. Era de facto uma Senhora com "S" grande.

    Que descanse em paz na companhia do Nosso Pai.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. professora de ballet do clube da parada em cascais

    ResponderEliminar
  3. obrigada Madre Teresa, bonita homenagem à Mãe! Que falta nos vai fazer...beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade Sacha. Lembramo-la muita vez e vamos continuar a lembrar rezando. Um beijinho muito grande

      Eliminar